...

Mitos e verdades sobre depilação a laser no verão

 

 

Quer saber se é possível manter a depilação a laser no verão? Fique tranquila, a resposta é SIM! Inclusive, esse é o método de depilação mais indicado por dermatologistas para os meses mais quentes do ano, porque traumatiza menos a pele e tem a maior duração possível. Contudo, é importante escolher o equipamento adequado para seu tipo de pele e certificar-se que um profissional capacitado seja o responsável por realizar o tratamento

 

Como funciona a depilação a laser

 

 

 

A depilação a laser funciona através de um método denominado fototermólise seletiva, em que o laser utiliza a melanina para conseguir identificar os pelos e cauterizar os bulbos capilares para que eles não cresçam novamente.

 

Com o disparo do pulso do laser, fótons de energia são absorvidos pela melanina, o que danifica essa substância e causa dano térmico ao tecido adjacente. O calor absorvido pelo bulbo e pela haste do pelo é responsável por sua destruição. O resultado é uma depilação definitiva, com aspecto mais natural e sem as irritações na pele que são características em outros procedimentos.

 

No verão esse processo pode ser prejudicado dependendo do equipamento utilizado, uma vez que alguns lasers não conseguem distinguir a melanina do fio do tom da pele, inclusive em casos de peles bronzeadas. Portanto, para conseguir manter o tratamento durante os meses mais quentes do ano, a principal recomendação dos dermatologistas é optar por clínicas estéticas que ofereçam equipamentos que possibilitam a depilação a laser para todos os fototipos de pele.

 

A seguir, veja alguns mitos e verdades sobre a depilação a laser no verão.

 

 

Se for feita no verão, a depilação a laser causa manchas na pele

 

MITO. Depilação a laser pode ser feita em qualquer estação do ano sem que isso cause manchas na pele. O segredo do sucesso é tornar o protetor solar seu melhor amigo na região, com aplicação pela manhã e reaplicação a cada duas horas - mesmo que você vá ficar em um ambiente fechado o dia todo.
 

Porém, se você descuidar da proteção solar, podem aparecer manchas, sim. Se após o laser houver formação de casquinhas na pele (o que é absolutamente normal) e elas ficarem expostas diretamente aos raios UVA e UVB, as manchas
escuras são quase uma certeza.

 

Depilação a laser no rosto é proibida no verão

 

MITO. Seguindo a recomendação do uso do protetor solar - aplicação pela manhã e reaplicação a cada duas horas -, pode depilar os pelos do rosto com laser sem problema nenhum.

 

Não posso fazer depilação a laser em áreas tatuadas

 

VERDADE. O laser pode alterar a pigmentação e estragar seu desenho.

 

A pele não pode estar bronzeada para receber depilação a laser

 

VERDADE. O laser elimina o pelo ao buscar e alcançar a melanina de sua raiz e queimá-la. A pele bronzeada é rica em melanina, por isso poderia sofrer queimaduras ao ser atingida pelo feixe usado para a depilação.

 

Não posso fazer depilação com cera entre as sessões de depilação a laser

 

VERDADE. Os pelos precisam estar crescidos para o laser conseguir alcançar suas raízes e eliminá-los. Além disso, a pele pode ficar sensível após a depilação com cera e, portanto, mas suscetível a lesões pelo laser.

 

Gestantes não podem fazer depilação a laser

 

VERDADE. Embora não cause danos ao bebê, o laser é contraindicado nessa fase da vida por haver um risco muito alto de piorar a situação dos melasmas e as manchas de pele típicas da gravidez.

 

Gostou do nosso conteúdo atualizado sobre depilação a laser no verão? Então, entre em nossas redes sociais e acompanhe de perto tudo o que existe de mais moderno no mercado de medicina estética!

Postado em 10 Janeiro 2022.